fr

Workshop do DNS e divulgação para registradores na Índia

23 avril 2015
Par Samiran GuptaSamiran Gupta

null

A Índia tem grande potencial de contribuir com o próximo bilhão de usuários e também com a governança da Internet. Apesar de ter mais de 300 milhões de usuários de Internet, o país enfrenta barreiras de infraestrutura e capacidade. No entanto, há um interesse cada vez maior em aprender e melhorar e, portanto, todos os trabalhos voltados para o desenvolvimento de capacidades têm efeitos multiplicadores. Na semana passada, Champika Wijayatunga, Howard Li e eu tivemos a oportunidade de sentir esse efeito multiplicador em primeira mão.

A ICANN, em colaboração com o Registro Indiano de Nomes e Números da Internet (IRINN), o ccTLD .IN e o National Internet Exchange da Índia (NIXI) organizaram um workshop do DNS/DNSSEC e uma atividade de divulgação para registradores em Mumbai, na Índia, de 16 a 18 de abril. O evento de três dias estava lotado, com participantes de todo o país. No final, contamos com 34 participantes inscritos e pedimos que outros se juntassem a nós em outras ocasiões, em outras cidades. Entre os participantes, havia Provedores de Serviços de Internet, governos/regulamentadores, registros, registradores e pelo menos uma empresa de telecomunicações.

Comecei o workshop com breves apresentações sobre o modelo de várias partes interessadas da ICANN, a transição da administração da IANA e como o desenvolvimento de políticas da ICANN é influenciado pela participação das partes interessadas. Embora o objetivo dessa introdução à ICANN tenha sido preparar o workshop, ela gerou muito interesse e recebi consultas durante todo o workshop. Algumas delas vieram de vários Provedores de Serviços de Internet interessados em hospedar instâncias do Servidor de raiz "L". Também recebemos pedidos de workshops sobre o DNS/DNSSEC em Déli, Bangalore, Hyderabad e Kolkata.

Champika conduziu o workshop, abrangendo conteúdos como as configurações do servidor do DNS (que inclui servidores raiz, servidores de TLDs, servidores recursivos e servidores autoritativos), a implementação de mecanismos de segurança do DNS, como assinaturas de transações (TSIG), extensões de segurança do sistema de nomes de domínio (DNSSEC), várias técnicas de solução de problemas, e a implementação das práticas recomendadas atuais. Durante as sessões de laboratório, os participantes puderam trabalhar de forma interativa, além de implementar cenários de infraestrutura do DNS.

Paralelamente, dentro do trabalho de divulgação para registros, Howard visitou um dos maiores registradores/registros da Ásia, o Endurance International Group. Ele ficou impressionado com a dedicação do registrador à conformidade contratual (CC). Havia três salas cheias de equipes de CC para dar suporte a mais de 100 credenciamentos de registradores da ICANN. Eles também contam com um Centro Internacional de Estágios, que oferece estágios a participantes do mundo todo (conhecemos estagiários do Brasil e da Turquia) interessados em aprender sobre o negócio do registro de nomes de domínio. Vale a pena compartilhar essas práticas recomendadas com outros agentes do setor.

A grande resposta que recebemos no final desse workshop prático de três dias sobre o DNS/DNSSEC e a divulgação para registradores indica claramente a necessidade de realização de mais atividades desse tipo em outras cidades da Índia. Também haverá oportunidades de levar o curso a órgãos de aplicação da lei e forças armadas.

Esses treinamentos e workshops ajudarão a melhorar a compreensão de como o sistema do DNS funciona. Por sua vez, isso ajudará a desenvolver capacidades e fortalecer a comunidade técnica local. A necessidade está clara e com certeza os resultados serão gratificantes.

Na minha opinião, a visita dos colegas à Índia também ajuda a fortalecer a imagem da ICANN. Nos últimos dois meses, contamos com a visita de nosso presidente e CEO Fadi Chehadé, de Kuek, de Liana Teo, nossa chefe de comunicação da região APAC, de Champika e de Howard. Todos eles foram à Índia para aumentar o envolvimento da ICANN com as partes interessadas do país.

Champika Wijayatunga e Howard Li também contribuíram com este relatório. Samiran, Champika e Howard fazem parte da equipe da ICANN na Central da APAC. Samiran é chefe da Índia, Champika Wijayatunga é gerente regional de participação de SSR, e Howard Li é gerente sênior de serviços para registradores.

Authors

Samiran Gupta

Head of India
Read biographyRead biography