fr

A ICANN e o Centro de Excelência C DAC, em Bangalore, Índia

9 septembre 2015
Par Samiran GuptaSamiran Gupta

null

A Electronics City (Cidade Eletrônica), em Bangalore, tem um quê de agitação. Andando nas ruas desta região voltada para o setor é possível ver as melhores empresas de TI regionais e internacionais, uma do lado da outra. Com base em uma estimativa aproximada, quase meio milhão de engenheiros vêm trabalhar todos os dias na Electronics City. Na verdade, este é um dos lugares mais importantes para o desenvolvimento de TI no mundo todo.

No coração da Electronics City fica o campus do C-DAC (Centre for Development of Advanced Computing, Centro de Desenvolvimento de Computação Avançada), uma instituição técnica em que Champika ("Champ") Wijayatunga e eu chegamos na manhã do dia 4 de agosto para um programa de dois dias sobre o DNSSEC (Domain Name System Security, Segurança do Sistema de Nomes de Domínio), ministrado por Champ. Esse programa, oferecido pela ICANN pela primeira vez no C-DAC de Bangalore, foi especial, já que foi o primeiro a prestigiar o Centro de Excelência de DNS (Domain Name System, Sistema de Nomes de Domínio) do C-DAC.

No primeiro dia do programa, Champ explicou conceitos básicos do DNS e abordou os elementos operacionais e as configurações dos servidores de DNS. Os participantes tiveram a oportunidade de implementar a hierarquia do DNS em um ambiente de laboratório e testar o processo de resolução de consultas do DNS. No segundo dia, eles implementaram servidores autoritativos e trabalharam nas delegações e registros do DNS. Os mecanismos de segurança do DNS, como as ACLs (Access Control Lists, Listas de Acesso de Controle) e a TSIG (Transaction Signature, Assinatura de Transação), também foram testados em exercícios práticos em laboratório. Além disso, foi apresentada uma visão geral do DNSSEC.

Grande parte dos participantes era do C-DAC e de outras agências governamentais, incluindo o DEITY (Department of Electronics and Information Technology, Departamento de Eletrônica e Tecnologia da Informação), a NIXI (National Internet Exchange of India, Agência Nacional de Troca de Tráfego da Internet da Índia), a ISRO (Indian Space Research Organization, Organização de Pesquisa do Espaço Indiano), a ERNET (Education and Research Network, Rede de Pesquisa e Educação) e o IISc (Indian Institute of Science, Instituto Indiano de Ciência). Os participantes ficaram particularmente admirados com o conhecimento profundo de Champ sobre o assunto e manifestaram interesse em receber treinamentos de nível avançado no futuro.

Estabelecido em 1988, o C-DAC é uma empresa do governo da Índia originalmente criada para desenvolver recursos avançados de computação na Índia. Hoje, o C-DAC trabalha nas áreas de computação de alto desempenho, computação em grade e em nuvem, segurança cibernética e análises forenses cibernéticas, sistemas integrados, tecnologias de software, sistemas legados e várias linguagens, integridade de sistemas e informações e treinamento.

A ICANN e o C-DAC fizeram um acordo estabelecendo que a ICANN dará suporte para a educação e treinamento na região sobre tecnologias relacionadas ao DNS. Este é o primeiro de uma série de treinamentos organizados conjuntamente.

 


Champika Wijayatunga também contribuiu com este relatório. Samiran é o diretor pela Índia, ICANN Ásia-Pacífico, e Champika é o gerente regional de envolvimento de SSR.

Authors

Samiran Gupta

Head of India
Read biographyRead biography