zh

Relatório anual de 2015 sobre WHOIS destaca conquistas recentes

2016 年 02 月 5 日
作者: Karen Mulberry

O ano de 2015 foi exemplar para a ICANN em relação ao aprimoramento do WHOIS. Hoje, a ICANN publicou o relatório anual de 2015 [PDF, 1.06 MB], que demonstra essas conquistas e descreve o progresso da ICANN em relação às recomendações da equipe de revisão de 2012. A ICANN também está preparando a formação da próxima equipe de revisão no final de 2016.

Em 2015, tivemos vários avanços importantes, entre eles:

Precisão: O lançamento do ARS (Sistema de Informação de Precisão do WHOIS) aumentou a transparência dos índices de precisão do WHOIS. A ICANN transformou um projeto piloto em uma atividade contínua para melhorar a precisão do WHOIS. Em 2016, teremos relatórios constantes sobre os níveis de precisão operacional e de sintaxe.

Privacidade: A GNSO enfrentou o desafio dos serviços de privacidade e proxy [PDF, 1.24 MB] e desenvolveu uma estrutura de políticas abrangente para servir como base para a criação de um novo programa de credenciamento para esses serviços. Caso sejam adotadas, essas políticas definirão os padrões e níveis de serviço mínimos para beneficiar os consumidores desses serviços. A Diretoria considerará a adoção dessas recomendações em 2016 como novas políticas consensuais que se aplicarão a todos os gTLDs.

As leis nacionais de privacidade desempenham uma função importante na transferência de dados pessoais relacionados ao WHOIS. A comunidade avançou muito em sua revisão dos conflitos entre as leis nacionais de privacidade e os acionadores identificados do procedimento da ICANN para conflitos com leis nacionais. Em 2016, as alterações propostas pelo relatório do IAD (Grupo Consultivo de Implementação) serão consideradas para aprovação pelo Conselho da GNSO e depois pela Diretoria.

Internacionalização: O trabalho de internacionalização do WHOIS teve vários avanços importantes:

  • A conclusão do trabalho do grupo de especialistas em dados de registro internacionalizados (IRD) para desenvolver requisitos para um modelo que acomode dados de registro em idiomas ou escritas locais
  • A GNSO concluiu um Processo de Desenvolvimento de Políticas (PDP) sobre a tradução e transliteração [PDF, 984 KB] (TnT) de dados de contato. Esse grupo produziu uma nova política para permitir a tradução e a transliteração voluntárias de dados do WHOIS. A Diretoria da ICANN adotou essa nova política consensual.
  • Implementação de um novo protocolo de acesso a dados de registro da IETF ou "RDAP", como é conhecido, um substituto padronizado do WHOIS. Já foi iniciado o trabalho de desenvolvimento do Perfil operacional do RDAP para registros e registradores de gTLDs, do qual dependem os dados de registro internacionalizados e a tradução e transliteração de dados de contato.

O ano de 2015 trouxe muitas melhorias para o WHOIS, mas o trabalho continua em outra linha: determinar se o WHOIS deve ser reinventado e substituí-lo por um sistema de última geração. O assunto já está sendo considerado na GNSO. Esse projeto em longo prazo pode levar a uma nova estrutura de políticas abrangente, que permita a transição para um sistema de serviços de diretório de registro de última geração para atender melhor às necessidades da comunidade em relação a precisão e acesso e, ao mesmo tempo, resolver problemas de proteção e privacidade dos dados.

Para ver mais detalhes e atualizações sobre o andamento da implementação, consulte os relatórios trimestrais de implementação do WHOIS ou acesse a Wiki de implementação do WHOIS, que tem informações sobre o planejamento da formação da segunda equipe de revisão de WHOIS.

Authors

Karen Mulberry