zh

Estratégia da ICANN para o Oriente Médio Comemora Três Anos

2016 年 06 月 16 日
作者: Baher EsmatBaher Esmat

null

Há mais de três anos, as partes interessadas da ICANN do Oriente Médio se reuniram para desenvolver uma estratégia de participação regional para o período de 2013 a 2016. A estratégia reiterava a necessidade de promover:

  • O envolvimento entre a ICANN e a comunidade de Internet
  • Um setor de nomes de domínio forte e competitivo
  • Mecanismos para a governança da Internet por múltiplas partes interessadas

A equipe da ICANN e a comunidade do Oriente Médio trabalharam juntas para executar a estratégia de acordo com um plano de implementação desenvolvido em conjunto por elas e atualizado anualmente.

O cronograma para a estratégia termina no dia 30 de junho de 2016. Por isso, agora é uma boa hora para resumir nossas conquistas. Para ter uma representação visual dos KPIs relevantes desse período, consulte o infográfico aqui [PDF, 3,19 MB].

Acontecimentos

  • O Centro de Empreendedorismo do DNS está a pleno vapor. Por meio de parcerias com líderes locais e internacionais do setor de nomes de domínio, o centro oferece workshops de treinamento sobre tópicos relacionados ao DNS (Domain Name System, Sistema de Nomes de Domínio).
  • O Fórum do DNS foi estabelecido como um evento anual que oferece discussões relacionados ao setor e oportunidades de conhecer especialistas locais e internacionais. Atualmente são disponibilizados dois fóruns: o Fórum do DNS do Oriente Médio e o Fórum do DNS da Turquia.
  • Foi publicado um estudo sobre o mercado do DNS no Oriente Médio. Esse estudo apresenta dados qualitativos e quantitativos sobre o cenário atual do setor de nomes de domínio na região e oferece recomendações para dar continuidade à expansão do setor.
  • A TF–AIDN (Task Force on Arabic Script Internationalized Domain Names, Força–tarefa sobre Nomes de Domínio Árabes Internacionalizados) é um grupo da comunidade que promove o uso de IDNs árabes. Uma grande conquista foi o desenvolvimento do LGR (Label Generation Ruleset, Conjunto de Regras para a Geração de Rótulos) para a escrita árabe, o primeiro a ser integrado ao LGR da zona raiz. A força–tarefa está atualmente desenvolvendo LGRs de segundo nível para idiomas que usam a escrita árabe. Outro projeto é identificar e solucionar os desafios da aceitação universal de IDNs com escrita árabe.
  • A MEAC–SIG (Middle East and Adjoining Countries School on Internet Governance, Escola do Oriente Médio e Países Adjacentes sobre Governança da Internet) é um programa de capacitação que ajuda a comunidade regional a compreender melhor a governança da Internet. O programa também facilita o envolvimento da comunidade em fóruns relacionados a nível nacional, regional e internacional. A MEAC–SIG foi realizada em 2014 e 2015 e está agendada novamente para agosto de 2016. Um programa local foi lançado no ano passado no Paquistão em parceria com partes interessadas locais, o Centro de Informações de Redes da Ásia–Pacífico e a Sociedade da Internet.
  • Por meio de Memorandos de Entendimento, a ICANN formou parcerias importantes com:

Qual é a próxima etapa?

No ICANN55 em Marrakesh, apresentamos as conquistas da estratégia para o período de 2013 a 2016 à comunidade e debatemos sobre como poderíamos evoluir com base nelas. Essa consulta se estendeu após o evento em Marrakesh e a comunidade recomendou que um novo grupo fosse formado para desenvolver uma estratégia regional para o período de 2016 a 2019.

O MEAC–SWG (Middle East and Adjoining Countries Strategy Working Group, Grupo de Trabalho sobre o Oriente Médio e Países Adjacentes) foi anunciado no início deste mês, e os membros da comunidade já desenvolveram um regulamento para o grupo. O MEAC–SWG realizou sua primeira teleconferência no início desta semana. Começamos muito bem e aguardamos com satisfação a oportunidade de trabalhar com o MEAC–SWG nos próximos meses!

Authors

Baher Esmat

Baher Esmat

VP, Stakeholder Engagement - Middle East and Managing Director Middle East and Africa
Read biographyRead biography