zh

Chegou a hora de implementar as atualizações tecnológicas de última década

2014 年 04 月 29 日
作者: Leo Vegoda

null

".. já vi isso antes
.. e verei novamente
.. sim, já vi isso antes
.. é só a história se repetindo"


History Repeating, Propellerheads com Shirley Bassey

Quando a Internet começou a crescer rapidamente no começo de 1990, ficou claro que uma abordagem com classes ao roteamento, que foi introduzido em 1981, consumiria o espaço de endereços IPv4 com muita rapidez, e que era necessário melhorar a eficiência de uso. O Roteamento Entre Domínios com Classes, mais conhecido como CIDR, foi introduzido em 1993 e começou a ser implementado.

Porém, a introdução de uma tecnologia não exige sua implementação. A desativação do roteamento com classes demorou alguns anos e ele continuou sendo usado depois de 2000. Hoje em dia, vemos um atraso similar com outra mudança técnica, os Números do Sistema Autônomo (ASNs).

Os endereços IP (Protocolo de Internet) muitas vezes são usados como identificadores únicos para os dispositivos que usamos para acessar a Internet, para fornecer serviços e dar suporte à infraestrutura de rede. Os ASNs são os identificadores únicos dos domínios de roteamento dos ISPs (Provedores de Serviços de Internet). Se um endereço IP é equivalente ao endereço de uma casa, o ASN é equivalente ao CEP.

A Força-tarefa de Engenharia da Internet (IETF) expandiu o acervo de ASNs de um espaço de 16 bits com 65.536 números para um espaço de 32 bits com 4.294.967.296 números em 2007, de forma a permitir a compatibilidade entre o uso de ASNs de 16 bits e ASNs de 32 bits. A "Política Global para a Alocação de Blocos de ASN a Registros Regionais da Internet" (RIRs) foi ratificada no ano seguinte. Ela incluía um cronograma de implementação, no fim do qual "A IANA e os RIRs deixariam de fazer distinção" entre os ASNs de 16 e 32 bits.

Em 2010, a política foi atualizada pelas cinco comunidades regionais de endereços e ratificada pela Diretoria adiando o prazo para um ano mais tarde. Há dois anos, eu escrevi uma publicação no blog observando que restavam apenas três blocos de ASNs de 16 bits. Atualmente, eles estão acabando e em breve ninguém poderá conseguir um ASN de 16 bits novo.

O número de ASNs em uso teve um aumento de aproximadamente 3.000 entre o início de 2013 e 2014, e essa também é aproximadamente a quantidade de números de 16 bits restantes. Agora, o registro de Números do Sistema Autônomo da IANA tem menos de 500, e o restante é dividido entre os cinco RIRs. ISPs de trânsito que queiram poder receber novos clientes com vários domicílios precisarão habilitar o suporte a ASNs de 32 bits em breve.

Agora estamos em 2014 e alguns novos ISPs ainda têm problemas com provedores de upstream que não aceitam seus ASNs de 32 bits. A tecnologia existe, mas nem todos a implementaram, seja na infraestrutura de roteamento ou nos sistemas de suporte operacional. Chegou a hora de todos os provedores de rede se adequarem aos ASNs de 32 bits para o crescimento e a integridade da Internet.

Authors

Leo Vegoda