en

Canadá, a Internet precisa de você

7 March 2016
By Christopher MondiniChristopher Mondini

null

Pense no valor da Internet para sua empresa ou organização, pense em todas as maneiras como você usa esse recurso. Você precisa da Internet e a recíproca é verdadeira -- a Internet precisa de você. A Internet é muito valiosa, e sua governança é complexa. Com bilhões de dispositivos e trilhões de dólares em jogo, a Internet precisa de órgãos de governança inovadores, que incorporem as visões de todas as partes interessadas e se adaptem a circunstâncias dinâmicas.

As empresas podem se envolver com organizações que trabalhem em qualquer nível da governança da Internet: o nível de coordenação técnica, em que está a ICANN, por exemplo, o nível econômico e social, ou até o nível de infraestrutura. Confira nosso infográfico "Três camadas de governança digital" para saber mais sobre os órgãos envolvidos em todos os níveis. É essencial que as empresas se envolvam para equilibrar as visões de outras partes interessadas que possam ter ideias contrárias às necessidades da Internet única, global e interoperável.

De acordo com o Boston Consulting Group, a Internet contribui USD 4,2 trilhões com o PIB (Produto Interno Bruto) das economias do G20, e pode aumentar em 2,7% o PIB de um país e em 6 - 7% a receita de uma empresa. Adotar a Internet global é necessário para as economias e empresas globais se manterem competitivas.

Gerenciar a infraestrutura delicada da Internet e inovar sempre foi uma tarefa "ascendente". Empreendedores e visionários fazem sugestões dentro de várias comunidades e, se todos concordarem, elas se tornam padrões ou políticas disponíveis para todos. Esses padrões e políticas desenvolveram a Internet até ela se tornar a força econômica global que é hoje. Da mesma forma, a ICANN funciona com pessoas e ideias que podem se adaptar a economias e tendências sociais dinâmicas.

Há pouco tempo, dei uma palestra em um evento em Toronto que contou com a participação de muitas partes interessadas dos setores público e privado. Falei sobre os benefícios dessa abordagem e as desvantagens de outras, como a tomada de decisão multilateral baseada no sistema "um país, um voto".

É importante observar algo que eu destaquei durante o evento: diferente da maioria dos órgãos de governança, a ICANN trabalha com voluntários para formular políticas, padrões e inovações. Há empresas, organizações da sociedade civil, especialistas técnicos, oficiais do governo, universidades e usuários individuais do mundo todo envolvidos. Eles trabalham o ano todo, virtual e remotamente, em grupos de trabalho e comitês de políticas, e se reúnem três vezes por ano em um encontro aberto, gratuito e público. O próximo deles será realizado este mês em Marrakesh, Marrocos.

Esse sistema aberto e inclusivo é exclusivo, pois permite criar boas políticas sem marginalizar grupos de partes interessadas. No entanto, a continuidade do sucesso do sistema depende de uma base de partes interessadas crescente, próspera e diversificada. Se as partes interessadas da Internet não podem avançar em relação às questões de política, os governos frustrados podem sentir que sua única alternativa é legislar ou regulamentar, sem levar em conta os efeitos técnicos colaterais ou as ramificações globais.

É aí que você entra:

Está interessado em participar?

Em Toronto, eu e outros panelistas destacamos que a luta para manter esse sistema de governança ativo faz parte de uma luta mais ampla para salvar a Internet global. Recomendo que vocês se envolvam hoje mesmo para ajudar a manter o crescimento e o sucesso de nossa Internet dinâmica. Lembre-se, a Internet conta com VOCÊ.

Christopher Mondini é vice-presidente do departamento de Participação de Partes Interessadas Corporativas Globais e da América do Norte

Authors

Christopher Mondini

Christopher Mondini

Vice President, Stakeholder Engagement & Managing Director, Europe
Read biographyRead biography