Skip to main content
Resources

Serviço de Nomes de Domínio Internacionalizados (IDN)

Esta página também está disponível em:

Por favor, observe que a versão em inglês de todo o conteúdo e dos documentos traduzidos são versões oficiais e que as traduções em outras línguas são apenas para fins de informar.

Com o serviço de Nomes de Domínio Internacionalizados (IDN), os operadores de registro têm a capacidade de adicionar, modificar ou remover diferentes idiomas e escritas que oferecem em domínios genéricos de primeiro nível (gTLDs). Basta enviar uma solicitação de serviço à organização da ICANN. O processo de serviço de IDN utiliza um texto padrão pré-aprovado do Contrato de Registro e ajuda a simplificar o processamento.

Veja abaixo instruções gerais para o envio de uma solicitação de serviço de IDN. Para promover a eficiência da análise das solicitações de serviço de IDN pela organização da ICANN, recomendamos que os operadores de registro incorporem as soluções fornecidas nas Regras de Geração de Etiquetas (LGR) de Referência nas tabelas de IDN enviadas, pois a segurança e a estabilidade dessas regras já passaram por revisões. Além disso, a ICANN desenvolveu uma ferramenta de análise de tabelas de IDN, que facilita a comparação das tabelas de IDN dos operadores de registro com as regras de referência relevantes.

Outras informações sobre as solicitações de serviço de IDN estão disponíveis aqui. Em caso de dúvidas sobre o processo, abra um caso de consulta geral no portal de serviços de nomes ou escreva para globalsupport@icann.org.

Adicionar, modificar ou remover serviços de IDN

Os operadores de registro podem oferecer Nomes de Domínio Internacionalizados (IDNs) contanto que o serviço de IDN seja refletido no Anexo A de seu Contrato de Registro (RA). A organização da ICANN criou um processo de solicitação de serviço de IDN para que os operadores de registro de TLD adicionem, modifiquem ou removam um serviço de IDN (por exemplo, idiomas e escritas oferecidos) do Contrato de Registro. As etapas abaixo seguem a Política de Avaliação de Serviços de Registros (RSEP) e destacam o processo usado para iniciar uma solicitação de serviço de IDN.

ETAPA 1: Envie uma solicitação do tipo "Serviço de IDN - Adicionar, modificar ou remover" no portal de serviços de nomes

Siga as etapas para (a) confirmar o tipo de solicitação; (b) fornecer as tabelas de IDN e os detalhes relevantes; (c) esclarecer possíveis preocupações de segurança, estabilidade ou concorrência e se os registros atuais serão impactados com a mudança do serviço de IDN; e (d) fornecer informações sobre os signatários (entre em contato com uma autoridade para executar uma emenda ao Contrato de Registro).

ETAPA 2: Análise da ICANN

A ICANN analisa a solicitação para garantir que as informações enviadas estejam completas, além de revisar a solicitação de serviço proposta para definir se é necessário levantar questões significativas de segurança, estabilidade ou concorrência com o operador de registro.

ETAPA 3: Definição e processamento final

Em caso de aprovação, a organização da ICANN iniciará o processo de autorização (para executar uma emenda ao Contrato de Registro ou emitir uma carta de liberação de implementação), e a ICANN facilitará as atualizações da tabela de IDN com a IANA.

Links para o texto de emenda ao Contrato de Registro:

Solicitação de oferta inicial de serviço de IDN (ou seja, o gTLD não oferece IDNs no momento):

Solicitação de modificação ou remoção de idiomas/escritas de IDN:

Recursos:

Domain Name System
Internationalized Domain Name ,IDN,"IDNs are domain names that include characters used in the local representation of languages that are not written with the twenty-six letters of the basic Latin alphabet ""a-z"". An IDN can contain Latin letters with diacritical marks, as required by many European languages, or may consist of characters from non-Latin scripts such as Arabic or Chinese. Many languages also use other types of digits than the European ""0-9"". The basic Latin alphabet together with the European-Arabic digits are, for the purpose of domain names, termed ""ASCII characters"" (ASCII = American Standard Code for Information Interchange). These are also included in the broader range of ""Unicode characters"" that provides the basis for IDNs. The ""hostname rule"" requires that all domain names of the type under consideration here are stored in the DNS using only the ASCII characters listed above, with the one further addition of the hyphen ""-"". The Unicode form of an IDN therefore requires special encoding before it is entered into the DNS. The following terminology is used when distinguishing between these forms: A domain name consists of a series of ""labels"" (separated by ""dots""). The ASCII form of an IDN label is termed an ""A-label"". All operations defined in the DNS protocol use A-labels exclusively. The Unicode form, which a user expects to be displayed, is termed a ""U-label"". The difference may be illustrated with the Hindi word for ""test"" — परीका — appearing here as a U-label would (in the Devanagari script). A special form of ""ASCII compatible encoding"" (abbreviated ACE) is applied to this to produce the corresponding A-label: xn--11b5bs1di. A domain name that only includes ASCII letters, digits, and hyphens is termed an ""LDH label"". Although the definitions of A-labels and LDH-labels overlap, a name consisting exclusively of LDH labels, such as""icann.org"" is not an IDN."