Annonces de l'ICANN

Lisez les annonces de l'ICANN pour vous tenir au courant des dernières activités d’élaboration de politiques, des événements régionaux et bien plus encore.

ICANN solicita comentários do público sobre a estrutura para alocação de nomes com apenas um caractere

13 juin 2008

Esta tradução em português é cortesia do NIC.br. Para mais informações sobre a ICANN em português, consulte http://www.icann.org.br/.

Em resposta aos comentários e ao interesse da comunidade, a ICANN elaborou uma proposta de estrutura para alocação e de uso dos fundos da alocação de nomes de domínio de segundo nível com apenas um caractere (SC SLDs) nos gTLDs existentes. A ICANN propõe um modelo de leilão e desembolso de fundos para áreas que representam bens públicos para a comunidade da Internet. A discussão dos métodos de alocação propostos envolverá consultas a registradores de gTLDs.

A ICANN gostaria de receber comentários do público sobre a Estrutura de alocação [PDF, 73K] até às 23h59 UTC de 13 de julho de 2008. Os comentários podem ser enviados para allocation-framework@icann.org e vistos em http://forum.icann.org/lists/allocation-framework/.


A ICANN também anuncia a escolha da Power Auctions LLC (http://www.powerauction.com/) como seu consultor para diversas necessidades no campo de leilões, como: 1) a definição de modelos para resolver divergências entre candidatos a novas seqüências de DPNs genéricos, 2) a disponibilidade de dados de registradores ou registros que tiveram falhas ou faliram, e 3) a alocação de SC SLDs.

A Power Auctions conta com uma equipe internacional composta de especialistas na criação e realização de leilões. A Power Auctions e sua associada, a Market Design Inc. (veja http://www.marketdesign.com/), realizaram leilões para o ramo de eletricidade (Bélgica, França, Alemanha, Espanha, Estados Unidos), gás natural (Dinamarca, França, Alemanha, Hungria) e redução de emissões de gases com efeito estufa (Reino Unido). Eles também criaram um protótipo de leilão para slots de tráfego aéreo (para a FAA nos Estados Unidos) e ajudaram diversos governos em leilões da área de telecomunicações (no Canadá, Singapura, e Trinidad e Tobago).