en

Fórum público: Relatório inicial sobre hospedagem de fast flux

26 January 2009

Esta tradução em português é cortesia do NIC.br. Para mais informações sobre a ICANN em português, consulte http://www.icann.org.br/.

Iniciamos hoje um período para comentários de 20 dias a respeito de um relatório inicial sobre hospedagem de fast flux.

Em maio de 2008, o Conselho da GNSO iniciou um processo normativo (PDP) e convocou um grupo de trabalho para fast flux. Esse grupo deveria responder às seguintes perguntas:

  • Quem se beneficia e quem é prejudicado com a prática de fast flux?
  • Quem se beneficiaria e quem seria prejudicado com a interrupção da prática?
  • Existem ou poderia haver operadores de registro envolvidos em atividades de fast flux? Em caso afirmativo, como?
  • Existem registradores envolvidos em atividades de fast flux? Em caso afirmativo, como?
  • Como os registrantes são afetados pela hospedagem de fast flux?
  • Como os internautas são afetados pela hospedagem de fast flux?
  • Quais medidas técnicas (p.ex., mudanças na forma de operação das atualizações do DNS) e políticas (p. ex., mudanças nos contratos entre registros e registradores ou nas normas que regem o comportamento permitido entre registrantes) os registradores e registros podem aplicar para reduzir os efeitos negativos da prática de fast flux?
  • Qual seria o impacto (positivo ou negativo) da criação de limites, diretrizes ou restrições para registrantes, registradores e/ou registros em relação a práticas que permitem ou facilitam a hospedagem de fast flux?
  • Qual seria o impacto dessas limitações, diretrizes ou restrições sobre a inovação na área de produtos e serviços?
  • Quais são algumas das melhores práticas disponíveis para proteção contra fast flux?

O grupo também foi encarregado de obter a opinião de especialistas sobre quais áreas da prática de fast flux fazem parte ou não do alcance normativo da GNSO.

O grupo de trabalho para Fast Flux iniciou suas deliberações em junho de 2008 e agora publicou um relatório inicial. Nesse relatório, o grupo de trabalho oferece respostas inicias às perguntas que lhe foram feitas, conclusões provisórias e apresenta várias idéias para as próximas etapas de discussão e feedback durante o fórum público. Observe-se que até esse estágio o grupo de trabalho não obteve consenso para nenhuma das idéias para próximos passos descritas no relatório. O objetivo do grupo será analisar as sugestões recebidas durante o fórum público e decidir quais medidas sugeridas terão seu apoio para serem incluídas no relatório final.

Conforme estabelecem os estatutos da ICANN, o relatório inicial ficará disponível para comentários do público durante 20 dias. Os comentários recebidos serão analisados para reformular o relatório inicial e transformá-lo num relatório final, o qual o Conselho da GNSO examinará.

O grupo de trabalho convida todos a examinar o relatório inicial [PDF, 1.210K] completo antes de enviar comentários.

Os comentários sobre o relatório inicial podem ser enviados para fast-flux-initial-report@icann.org, e vistos em http://forum.icann.org/lists/fast-flux-initial-report/.

O prazo final para enviar comentários é 15 de fevereiro de 2009.

Links relacionados

Relatório específico sobre a hospedagem de fast flux: http://gnso.icann.org/issues/fast-flux-hosting/gnso-issues-report-fast-flux-25mar08.pdf [PDF, 62K]