en

Novas informações sobre o processo “fast track” para IDNs

22 January 2009

Esta tradução em português é cortesia do NIC.br. Para mais informações sobre a ICANN em português, consulte http://www.icann.org.br/.

Recentemente, a ICANN apresentou ao público um plano preliminar para a introdução de um número limitado de nomes de domínio internacionalizados (IDNs) para ccTLDs. O plano segue as recomendações das organizações de apoio e comitês consultivos da ICANN que definem as suas políticas. Essas recomendações estão disponíveis em http://ccnso.icann.org/workinggroups/idnc-wg-board-proposal-25jun08.pdf [PDF, 101K].

Desde o recente encerramento do primeiro fórum para comentários sobre o plano preliminar de implementação do processo “fast track” para IDNs em ccTLDs, a ICANN está elaborando propostas para a próxima versão do plano, a fim de apresentá-lo para análises e comentários do público durante a assembléia da ICANN na Cidade do México (março de 2009).

O período para comentários do público começou em 23 de outubro de 2008, e foi estendido até 7 de janeiro de 2009, levando em conta a publicação de uma versão atualizada do plano preliminar em 26 de novembro de 2008, depois que a ICANN recebeu contribuições da comunidade durante sua assembléia no Cairo, Egito.

Recebemos 17 comentários de participantes de 11 países diferentes. Participaram indivíduos e organizações representando proprietários de empresas, organizações de apoio da ICANN, o setor de nomes de domínio e governos.

“Embora tenham sido relativamente poucos, esses comentários são importantes e estão sendo cuidadosamente analisados enquanto elaboramos a próxima versão do plano”, disse Tina Dam, Diretora do Programa para IDNs da ICANN.

Algumas das principais preocupações levantadas pela comunidade quanto ao plano preliminar de implementação referem-se a questões que estão em aberto:

  • A forma de relacionamento entre os possíveis administradores de ccTLDs com IDNs e a ICANN
  • Considerações financeiras, incluindo as taxas para avaliação de requerimentos para IDNs e as taxas anuais de registro
  • Como evitar controvérsias entre seqüências de ccTLDs com IDNs e as seqüências de gTLDs já existentes ou propostas
  • O papel das tabelas de idiomas para IDNs.

Uma nova versão do plano preliminar de implementação e sua documentação de apoio serão lançadas antes da assembléia da ICANN na Cidade do México, México.

“A ICANN agradece a todos que enviaram comentários”, disse Tina Dam. “Essas pessoas se juntam às milhares de outras que participaram desse processo.”


Meu nome – Minha língua – Minha Internet

Após anos de desenvolvimento, discussão, análise e reflexão, estamos expandindo os domínios internacionalizados. Ainda que os IDNs tenham estado disponíveis em alguns DPNs desde 2001 (para testes) e desde 2003 (segundo o protocolo técnico), agora eles também estarão disponíveis como DPNs. Eles oferecerão mais inovação, variedade de escolha e mudança para uma Internet global, que no momento é atendida por apenas 21 domínios genéricos de primeiro nível.

Para os ccTLDs com IDNs, desenvolvemos um plano preliminar de implementação com oportunidades para comentários do público. Esse plano descreve processos para que países e territórios possam solicitar o nome de seu país ou território em seu idioma ou escrita local como ccTLD com IDNs. Tudo isso foi e continuará sendo acompanhado por rigorosas análises técnicas para garantir a estabilidade e a segurança da Internet. Para mais detalhes, veja http://www.icann.org/en/topics/idn/fast-track/

Por outro lado, os gTLDs com IDNs – que tecnicamente não são diferentes dos ccTLDs com IDNs – ficarão disponíveis ao longo do processo para introdução de novos gTLDs.

Nós também preparamos um guia preliminar para novos gTLDs e o apresentamos para comentários do público. Veja http://www.icann.org/en/topics/new-gtld-program.htm para mais detalhes. Em breve ofereceremos mais períodos para comentários e a equipe da ICANN aguarda as outras discussões durante a próxima assembléia da ICANN na Cidade do México, México.

A ICANN é uma corporação sem fins lucrativos dedicada a coordenar o sistema de endereços da Internet. Promover a concorrência e a variedade de escolha é um dos princípios que norteiam a ICANN desde sua fundação. Num mundo com 1,5 bilhão de internautas (número que aumenta a cada dia), a diversidade, variedade de escolha e inovação são fundamentais.

A Internet tem oferecido um enorme aumento na variedade de escolha, inovação e concorrência de idéias, e expandir o conceito de DPNs é uma oportunidade para mais ainda.