Skip to main content
Resources

O Prêmio Multissetorial Ethos 2015 vai para dois membros da Comunidade da Internet global

Esta página também está disponível em:

Buenos Aires, Argentina… A ICANN tem o prazer de anunciar os nomes dos vencedores do Prêmio Multissetorial Ethos 2015 deste ano: O pioneiro da Internet na África, Nii Quaynor, e a líder comunitária Cheryl Langdon-Orr. O Prêmio honra e reconhece membros da comunidade da Internet global que tenham demonstrado uma incrível dedicação ao modelo multissetorial de Governança da Internet. Os dois receberam seu prêmio durante a cerimônia de abertura da ICANN53 em Buenos Aires.

Nii Quaynor foi reconhecido por seu papel histórico e presente na ICANN e na comunidade da Internet global. Ele participou do estabelecimento de AFRINIC e AFNOG na África e é conhecido como o pai da Internet na África por seu compromisso incondicional nas últimas duas décadas sendo o abre-alas do desenvolvimento e expansão da Internet no continente.

"Para mim, esse prêmio é uma prova de que a ICANN é internacional e aberta nas suas próprias maneiras. Alguém do mundo em desenvolvimento pode fazer contribuições e ser reconhecido por seus pares na ICANN", disse Quaynor.

Cheryl Langdon-Orr, residente da Austrália, participou de inúmeros grupos de trabalho intercomunitários da GNSO, CCNSO e ALAC ao longo dos anos.

"Ao receber este prêmio, e eu o recebo humildemente e com grande aprecio; o considero uma grande honra. E gostaria que cada um de vocês levassem outros a olhar para a esquerda e para a direita. Considerem esse prêmio também como seu próprio prêmio porque, sem sua colaboração, sem criar consenso de baixo para cima, não podemos funcionar em um modelo multissetorial", disse Orr.

Ambos os dois, Nii Quaynor e Cheryl Langdon-Orr, cumpriam os critérios de formas tão características que este ano foram entregues dois Prêmios para reconhecer seus destacados trabalho e compromisso com a comunidade da Internet global.

Selecionados entre 16 indicados, o Painel de Avaliação da Comunidade sentiu que ambos os dois demonstravam o espírito de colaboração com outros membros da comunidades para criar consenso enquanto ofereciam sua dedicação para o modelo multissetorial da ICANN ao longo dos anos.

O programa de prêmios Multissetoriais Ethos da ICANN foi criado em 2014 para reconhecer participantes da ICANN que se dedicaram profundamente a encontrar soluções baseadas no consenso e a importância do modelo multissetorial da ICANN para a Governança da Internet.

Contatos com a mídia

Luna Madi
Diretora de Comunicações, EMEA
Londres, Reino Unido
Fone. +44 7780947574
E-mail: luna.madi@icann.org

James Cole
Coordenador da Mídia Global
Washington, D.C.
Fone. +1 202 733 7598
E-mail: james.cole@icann.org

Sobre a ICANN

A missão da ICANN é garantir uma Internet mundial estável, segura e unificada. Para contatar outra pessoa através da Internet você deve digitar um endereço no seu computador – um nome ou um número. Esse endereço deve ser único para que os computadores saibam onde encontrar-se entre si. A ICANN coordena esses identificadores únicos no mundo inteiro. Sem essa coordenação não poderíamos ter uma Internet global. A ICANN, lançada em 1998, é uma corporação para o benefício público e sem fins lucrativos, com participantes de todo o mundo, dedicada a manter uma Internet segura, estável e interoperável. A ICANN promove a concorrência e desenvolve uma política para os identificadores únicos da Internet. A ICANN não controla conteúdos na Internet. Não pode deter o spam nem trata questões sobre o acesso à Internet. Porém, através de sua função de coordenação do sistema de nomeação da Internet, ela tem um impacto importante na expansão e evolução da Internet. Para mais informações, visite: www.icann.org.

Domain Name System
Internationalized Domain Name ,IDN,"IDNs are domain names that include characters used in the local representation of languages that are not written with the twenty-six letters of the basic Latin alphabet ""a-z"". An IDN can contain Latin letters with diacritical marks, as required by many European languages, or may consist of characters from non-Latin scripts such as Arabic or Chinese. Many languages also use other types of digits than the European ""0-9"". The basic Latin alphabet together with the European-Arabic digits are, for the purpose of domain names, termed ""ASCII characters"" (ASCII = American Standard Code for Information Interchange). These are also included in the broader range of ""Unicode characters"" that provides the basis for IDNs. The ""hostname rule"" requires that all domain names of the type under consideration here are stored in the DNS using only the ASCII characters listed above, with the one further addition of the hyphen ""-"". The Unicode form of an IDN therefore requires special encoding before it is entered into the DNS. The following terminology is used when distinguishing between these forms: A domain name consists of a series of ""labels"" (separated by ""dots""). The ASCII form of an IDN label is termed an ""A-label"". All operations defined in the DNS protocol use A-labels exclusively. The Unicode form, which a user expects to be displayed, is termed a ""U-label"". The difference may be illustrated with the Hindi word for ""test"" — परीका — appearing here as a U-label would (in the Devanagari script). A special form of ""ASCII compatible encoding"" (abbreviated ACE) is applied to this to produce the corresponding A-label: xn--11b5bs1di. A domain name that only includes ASCII letters, digits, and hyphens is termed an ""LDH label"". Although the definitions of A-labels and LDH-labels overlap, a name consisting exclusively of LDH labels, such as""icann.org"" is not an IDN."