Skip to main content
Resources

Procedimento de emenda do contrato entre registro e registrador (RRA)

Esta página também está disponível em:

Por favor, observe que a versão em inglês de todo o conteúdo e dos documentos traduzidos são versões oficiais e que as traduções em outras línguas são apenas para fins de informar.

Atualizado em 2 de julho de 2018

Para que os Contratos entre Registro e Registrador incluam a Especificação Temporária aprovada para os dados de registro de gTLDs, consulte esta página.

Propostas e notas explicativas publicadas

Download do Guia passo a passo [PDF, 291 KB]

Procedimento da ICANN para a consideração de emendas propostas a contratos entre registros e registradores de gTLDs

A ICANN desenvolveu o seguinte processo para a consideração de emendas propostas a contratos entre registros e registradores de gTLDs (RRAs) caso o registrador precise da nossa aprovação. Esse processo foi desenvolvido para garantir que o registrador tenha oportunidade de se manifestar (e, quando apropriado, o público também) antes que a ICANN aprove alterações a um RRA.

Processo para a consideração de emendas propostas ao RRA:

  1. O registro que solicita a emenda a seu RRA deve fornecer à ICANN uma cópia da proposta indicando todas as mudanças com controle de alterações e uma nota explicativa. A nota explicativa fornecida pelo registro deve informar a finalidade das alterações propostas. Recomendamos a realização de uma teleconferência de consulta com a ICANN antes do envio das alterações propostas ao RRA, embora isso não seja obrigatório.
  2. A ICANN encaminhará a versão do RRA com controle de alterações e a nota explicativa ao Grupo de Interesse de Registradores para análise enquanto faz uma revisão interna das alterações propostas. O período de análise dos registradores pode variar dependendo da complexidade das alterações propostas ou de outras circunstâncias, mas normalmente será de no máximo vinte e um (21) dias. Geralmente, a ICANN publicará a proposta e a nota explicativa em seu site.
  3. Depois do encerramento do período de análise do registrador, se alguma questão for levantada, a ICANN consultará o registro e o Grupo de Interesse de Registradores para tentar resolvê-la.
  4. Se as consultas resultarem em alterações à proposta, a ICANN enviará o documento revisado ao Grupo de Interesse de Registradores e abrirá mais um período de análise, que normalmente será de no máximo quinze (15) dias. Depois da conclusão do segundo período de análise, a ICANN tentará resolver todas as questões pendentes por meio de consulta com os registradores e o registro.
  5. Depois dos processos de análise e consulta mencionados, a ICANN aprovará ou rejeitará as alterações propostas. Algumas alterações podem exigir a aprovação da Diretoria da ICANN (por exemplo, em casos em que possa haver efeitos substanciais sobre terceiros ou sobre a segurança e a estabilidade do DNS).

Fluxograma de processo de aprovação de emendas ao RRA

RRA Amendment Approval Process Flowchart
Domain Name System
Internationalized Domain Name ,IDN,"IDNs are domain names that include characters used in the local representation of languages that are not written with the twenty-six letters of the basic Latin alphabet ""a-z"". An IDN can contain Latin letters with diacritical marks, as required by many European languages, or may consist of characters from non-Latin scripts such as Arabic or Chinese. Many languages also use other types of digits than the European ""0-9"". The basic Latin alphabet together with the European-Arabic digits are, for the purpose of domain names, termed ""ASCII characters"" (ASCII = American Standard Code for Information Interchange). These are also included in the broader range of ""Unicode characters"" that provides the basis for IDNs. The ""hostname rule"" requires that all domain names of the type under consideration here are stored in the DNS using only the ASCII characters listed above, with the one further addition of the hyphen ""-"". The Unicode form of an IDN therefore requires special encoding before it is entered into the DNS. The following terminology is used when distinguishing between these forms: A domain name consists of a series of ""labels"" (separated by ""dots""). The ASCII form of an IDN label is termed an ""A-label"". All operations defined in the DNS protocol use A-labels exclusively. The Unicode form, which a user expects to be displayed, is termed a ""U-label"". The difference may be illustrated with the Hindi word for ""test"" — परीका — appearing here as a U-label would (in the Devanagari script). A special form of ""ASCII compatible encoding"" (abbreviated ACE) is applied to this to produce the corresponding A-label: xn--11b5bs1di. A domain name that only includes ASCII letters, digits, and hyphens is termed an ""LDH label"". Although the definitions of A-labels and LDH-labels overlap, a name consisting exclusively of LDH labels, such as""icann.org"" is not an IDN."