Skip to main content
Resources

Recursos para registros

Esta página também está disponível em:

As versões em inglês de todos os conteúdos e documentos traduzidos são as versões oficiais, e as traduções para outros idiomas são apenas para fins informativos.

A Organização ICANN tem vários recursos disponíveis para operadores de registro, como as perguntas frequentes e os guias para serviços de registro. Confira a seguir os links para esses recursos:

Transferências em massa: Para consultar a lista de transferências em massa resultante dos credenciamentos de registrador encerrados pela ICANN e as perguntas frequentes relacionadas, acesse a página Transferências em massa.

Privacidade e proteção de dados - Para saber mais sobre as atividades de privacidade e proteção de dados da ICANN, incluindo o GDPR, acesse a página Privacidade e proteção de dados.

Operador de registro de back-end para emergências (EBERO) – A criação de operadores de registro de back-end para emergências, ou EBEROs, é uma inovação importante do Programa de Novos gTLDs. Os EBEROs reduzem os riscos à estabilidade e à segurança do sistema de nomes de domínio em caso de falha de um operador de novos gTLDs.

Formulário 6166 - Certificado de residência fiscal nos EUA (TRC, Tax Residency Certification) – Esse é o certificado que muitas das partes contratadas da ICANN localizadas fora dos Estados Unidos (EUA) podem usar para reivindicar benefícios do imposto de renda e/ou outros benefícios fiscais em outros países.

Estrutura para os Operadores de Registro responderem a ameaças de segurança – A Estrutura oferece orientação para que os operadores de registro respondam a ameaças de segurança. Ela foi desenvolvida para ajudar os órgãos de aplicação da lei e os operadores de registro a entender os problemas e as limitações enfrentadas e também para oferecer recursos e alternativas para resolver as ameaças de segurança identificadas.

Manual de Operações Gerais para Operadores de Registro da GDD – Enquanto operador de registro, há muitas obrigações em várias etapas ao longo da existência de um domínio genérico de primeiro nível (gTLD). O Manual de Operações Gerais para Operadores de Registro da GDD tem como objetivo fornecer informações importantes para operações de registro em andamento necessárias para atender às obrigações especificadas no Contrato de Registro básico e na Especificação 13.

Relatório JSON de gTLDs – O relatório JSON de gTLDs traz uma lista de todos os gTLDs que assinaram contratos com a Organização ICANN, indicando atributos específicos de contrato e as datas em que os TLDs foram incluídos na zona raiz.

Guias passo a passo – Os guias passo a passo são recursos disponíveis para ajudar os operadores de registro com os diferentes processos de notificação da Organização ICANN sobre atualizações feitas a serviços de registro aprovados.

Lista de domínios de primeiro nível – Uma lista de todos os domínios de primeiro nível válidos, mantida pela IANA.

Relatórios mensais de registros – De acordo com a especificação 3 do contrato de registro, os operadores de registro têm a obrigação de fornecer relatórios mensais de transações à ICANN. Embora esses relatórios sejam publicados, eles são mantidos em confidencialidade por três meses após o término do mês ao qual se referem.

Portal de serviços de nomes – O portal de serviços de nomes substitui os portais da Divisão de Domínios Globais (GDD) e de solicitantes de novos gTLDs. Esse portal simplifica a maneira como os operadores de registro conduzem negócios com a Organização ICANN. O portal de serviços de nomes foi criado com foco na facilidade de uso e na segurança. A arquitetura flexível e escalável permite melhorias constantes e mais eficiência para atender os registros e, no futuro, todas as partes contratadas da ICANN. Se precisar de ajuda para navegar na nova interface, confira a seguir algumas ferramentas úteis, como o guia do usuário do portal de serviços de nomes e gravações de seminários na Web:

Se você é um usuário autorizado e não consegue iniciar sessão no portal de serviços de nomes, escreva para globalsupport@icann.org e peça ajuda.

Programa de Novos gTLDs – O Programa de Novos Domínios Genéricos de Primeiro Nível (gTLDs) é uma iniciativa coordenada pela Organização ICANN que permite a maior expansão do sistema de nomes de domínio. Através da introdução de novos gTLDs, o programa busca aumentar a inovação, a concorrência e a escolha do consumidor. Graças ao programa, foram introduzidas muitas proteções novas para ajudar a promover a segurança, a estabilidade e a resiliência da Internet.

Estudos de caso do Programa de Novos gTLDs – Como parte do trabalho global da Organização ICANN para aumentar a conscientização e o interesse pelos novos gTLDs, todos os operadores de registro estão convidados a fazer parceria conosco para desenvolver estudos de caso contando a história de um gTLD, incluindo o histórico e os objetivos comerciais dele. A ideia é usar esses estudos como recursos informativos.

Relatório CSV de operadores de registro de novos gTDs [CSV, 29,3 KB] – O relatório CSV de operadores de registro de novos gTLDs é um arquivo com valores separados por vírgulas (CSV) disponível para download com uma lista de todos os novos gTLDs que assinaram contrato com a Organização ICANN, além do operador de registro correspondente, a data de execução do contrato, ID da solicitação e data da liberação do gTLD.

Protocolo de acesso de dados de registro (RDAP) – O RDAP permite que os usuários acessem dados de registro atuais, e foi criado para futuramente substituir o protocolo WHOIS. O RDAP foi desenvolvido pela comunidade técnica da força-tarefa de engenharia da Internet (IETF).

Perguntas frequentes de registros – A Organização ICANN está sempre publicando perguntas frequentes para tirar dúvidas comuns em relação a serviços de registro e obrigações contratuais.

Página de registros – A Organização ICANN tem um diretório público centralizado para as entidades interessadas em entrar em contato com um operador de registro específico. Essas informações de contato podem ser do departamento de atendimento ao cliente do registro ou um ponto de contato específico que atenda a consultas gerais.

Equipe de Serviços para Registros e Participação – A Equipe de Serviços para Registros e Participação tem várias funções. Com presença global, a equipe trabalha com os operadores de registro para garantir que o espaço de nomes de gTLDs se mantenha seguro, estável e resiliente.

Teste do sistema de registro (RST) – O RST garante que um operador de registro tenha a capacidade de operar um novo gTLD de forma estável e segura, testando as funções de registro críticas descritas no contrato de registro. Os requisitos de testes variam de acordo com os serviços oferecidos por um operador de registro.

Especificação da API do sistema de monitoramento de contratos de nível de serviço (SLA) Monitoring System API Specification [PDF, 573 KB] – A API do sistema de monitoramento (MoSAPI) de SLAs está disponível para gTLDs e ccTLDs. Com a API, os operadores de registro podem monitorar a integridade dos TLDs praticamente em tempo real, tomar medidas de correção imediatas se for necessário e ver uma lista dos nós de teste do sistema de monitoramento de SLAs.

Domain Name System
Internationalized Domain Name ,IDN,"IDNs are domain names that include characters used in the local representation of languages that are not written with the twenty-six letters of the basic Latin alphabet ""a-z"". An IDN can contain Latin letters with diacritical marks, as required by many European languages, or may consist of characters from non-Latin scripts such as Arabic or Chinese. Many languages also use other types of digits than the European ""0-9"". The basic Latin alphabet together with the European-Arabic digits are, for the purpose of domain names, termed ""ASCII characters"" (ASCII = American Standard Code for Information Interchange). These are also included in the broader range of ""Unicode characters"" that provides the basis for IDNs. The ""hostname rule"" requires that all domain names of the type under consideration here are stored in the DNS using only the ASCII characters listed above, with the one further addition of the hyphen ""-"". The Unicode form of an IDN therefore requires special encoding before it is entered into the DNS. The following terminology is used when distinguishing between these forms: A domain name consists of a series of ""labels"" (separated by ""dots""). The ASCII form of an IDN label is termed an ""A-label"". All operations defined in the DNS protocol use A-labels exclusively. The Unicode form, which a user expects to be displayed, is termed a ""U-label"". The difference may be illustrated with the Hindi word for ""test"" — परीका — appearing here as a U-label would (in the Devanagari script). A special form of ""ASCII compatible encoding"" (abbreviated ACE) is applied to this to produce the corresponding A-label: xn--11b5bs1di. A domain name that only includes ASCII letters, digits, and hyphens is termed an ""LDH label"". Although the definitions of A-labels and LDH-labels overlap, a name consisting exclusively of LDH labels, such as""icann.org"" is not an IDN."