Skip to main content

ICANN tem índice de satisfação de 94% na pesquisa anual com clientes externos de funções da IANA

Esta página também está disponível em:

Hoje, a ICANN anunciou que 94% dos clientes das funções da IANA entrevistados disseram estar "satisfeitos" ou "muito satisfeitos" com os serviços recebidos entre setembro de 2014 e agosto de 2015. Essa pontuação indica a satisfação contínua, pois nas pesquisas publicadas em 2013 e 2014, o departamento de IANA da ICANN recebeu 93%.

Veja os resultados da pesquisa com os clientes [PDF, 855 KB].

A pesquisa mede a satisfação dos clientes das funções da IANA em relação a sete indicadores de desempenho identificados nas consultas sobre normas de desempenho de 2013. São eles: qualidade da documentação, qualidade dos processos, transparência, pontualidade, precisão, informação e cortesia. Na pesquisa de 2015, o departamento de IANA teve um índice de satisfação de 98% para precisão, indicador de desempenho identificado como mais importante para os clientes nos últimos três anos. A equipe recebeu pontuações mais altas que nos anos anteriores para qualidade dos processos, pontuação e informação. Além disso, o número de gerentes de TLD que solicitaram alterações de rotina e disseram estar muito satisfeitos com a precisão do serviço que receberam aumentou 10% em comparação com 2014. Essa pontuação integra uma tendência positiva na satisfação dos clientes com a execução das funções da IANA pela ICANN. Desde 2013, o número de clientes que disseram estar satisfeitos com a resolução de seus problemas aumentou em 24%.

Embora os resultados da pesquisa sejam positivos no geral, continuamos analisando oportunidades de melhorar. As respostas às perguntas abertas da pesquisa de 2015 indicam que determinados formulários usados pelos clientes para enviar solicitações devem ser melhorados, e que o departamento de IANA deve oferecer atualizações de status mais frequentes aos clientes ao lidar com solicitações de autorização. A ICANN pretende examinar métodos para lidar com esse feedback no ano que vem.

A Ebiquity, uma consultoria global de mídia, marketing e reputação, foi contratada pela ICANN para realizar a pesquisa desde seu lançamento em 2013. Essa pesquisa oferece feedback útil ao departamento de IANA, e as pontuações são usadas como referência para os processos de melhoria. As respostas são anônimas para incentivar os comentários verdadeiros, mas os entrevistados são segmentados de acordo com a afiliação para ajudar a ICANN a entender melhor as necessidades dos diversos grupos de clientes.

Sobre a ICANN

A missão da ICANN é garantir uma Internet global estável, segura e unificada. Para entrar em contato com outra pessoa pela Internet, você digita um endereço em seu computador – um nome ou um número. Esse endereço deve ser exclusivo, para que os computadores possam se encontrar. A ICANN coordena esses identificadores exclusivos em todo o mundo. Sem essa coordenação, não teríamos uma Internet global. A ICANN foi formada em 1998. Ela é uma corporação de utilidade pública sem fins lucrativos com participantes do mundo todo dedicados a manter a segurança, a estabilidade e a interoperabilidade da Internet. A corporação promove a concorrência e desenvolve políticas sobre os identificadores únicos da Internet. A ICANN não controla o conteúdo da Internet. Ela não pode deter as atividades de spam e não é responsável pelo acesso à Internet. Por meio de sua função de coordenação do sistema de nomenclatura, ela tem um impacto importante na expansão e na evolução da Internet. Para obter mais informações, acesse: www.icann.org.


More Announcements
Domain Name System
Internationalized Domain Name ,IDN,"IDNs are domain names that include characters used in the local representation of languages that are not written with the twenty-six letters of the basic Latin alphabet ""a-z"". An IDN can contain Latin letters with diacritical marks, as required by many European languages, or may consist of characters from non-Latin scripts such as Arabic or Chinese. Many languages also use other types of digits than the European ""0-9"". The basic Latin alphabet together with the European-Arabic digits are, for the purpose of domain names, termed ""ASCII characters"" (ASCII = American Standard Code for Information Interchange). These are also included in the broader range of ""Unicode characters"" that provides the basis for IDNs. The ""hostname rule"" requires that all domain names of the type under consideration here are stored in the DNS using only the ASCII characters listed above, with the one further addition of the hyphen ""-"". The Unicode form of an IDN therefore requires special encoding before it is entered into the DNS. The following terminology is used when distinguishing between these forms: A domain name consists of a series of ""labels"" (separated by ""dots""). The ASCII form of an IDN label is termed an ""A-label"". All operations defined in the DNS protocol use A-labels exclusively. The Unicode form, which a user expects to be displayed, is termed a ""U-label"". The difference may be illustrated with the Hindi word for ""test"" — परीका — appearing here as a U-label would (in the Devanagari script). A special form of ""ASCII compatible encoding"" (abbreviated ACE) is applied to this to produce the corresponding A-label: xn--11b5bs1di. A domain name that only includes ASCII letters, digits, and hyphens is termed an ""LDH label"". Although the definitions of A-labels and LDH-labels overlap, a name consisting exclusively of LDH labels, such as""icann.org"" is not an IDN."