Skip to main content

Declaração posterior à reunião do I * após o NETmundial

Esta página também está disponível em:

Um grupo de líderes das organizações responsáveis pela coordenação da infraestrutura técnica da Internet (grupo chamado de "líderes I*") reuniu-se em 25 de abril em São Paulo (Brasil) depois do encontro NETmundial. Durante o primeiro dia da reunião, o grupo considerou uma série de questões em que o diálogo entre as organizações técnicas da Internet foi de grande utilidade.

Em particular, o grupo salientou que a reunião NETmundial tem energizado as discussões e o modelo multipartite – ou multistakeholder– de forma positiva. Os líderes ressaltaram a importância dos processos abertos, participativos e de baixo para cima em todas as reuniões e organizações que lidam com a Internet.

Durante a reunião, o grupo também refletiu sobre outros assuntos, tais como:

  • A transição da supervisão das funções da IANA por parte da NTIA (http://www.icann.org/en/about/agreements/iana/transition) e a revisão dos processos de responsabilidade da ICANN;
  • O anúncio realizado pelo CEO da ICANN acerca do lançamento de um processo para rever e melhorar o mecanismo de supervisão/ responsabilidade da própria ICANN e como isso complementar o processo de evolução da supervisão da função da IANA.
  • Futuras reuniões sobre a Governança da Internet, entre elas o Fórum de Governança da Internet (http://www.intgovforum.org) e a Conferência de Plenipotenciários da UIT (http://www.internetsociety.org/plenipotbackground)
  • Coordenação de experiências, planos e recursos para aumentar a implementação de DNSSEC através da comunidade dos ccTLD
  • Identificação de assuntos e atores para aprofundar a adopção de nomes de domínio internacionalizados (IDN) para acelerar a sua adopção em comunidades que não usam os conjuntos de caracteres latinos

O grupo se despediu de Raúl Echeberría, CEO de LACNIC, e de Leslie Daigle, Diretora de Tecnologia da Internet da Internet Society.

Líderes participantes

  • Adiel A. Akplogan, CEO, Centro de Informações de Redes da África (AFRINIC)
  • Barrack Otieno, Gerente, The African Top Level Domains Organization (AFTLD)
  • Paul Wilson, Diretor Geral, Centro de Informações Ásia-Pacífico (APNIC)
  • Don Hollander, Gerente Geral, Asia Pacific Top Level Domain Association (APTLD)
  • John Curran, CEO, Registro Americano para Números da Internet (ARIN)
  • Peter Van Roste, Gerente Geral, Council for European National Top Level Domain Registries (CENTR)
  • Russ Housley, Presidente, Internet Architecture Board (IAB)
  • Fadi Chehadé, Presidente e CEO, Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN)
  • Jari Arkko, Presidente, Internet Engineering Task Force (IETF)
  • Kathy Brown, Presidente e CEO, Internet Society (ISOC)
  • Raúl Echeberría, CEO, Registro de Endereçamento da Internet para a América Latina e o Caribe (LACNIC)
  • Carolina Aguerre, Gerente Geral, Associação de TLD da América Latina e o Caribe (LACTLD)
  • Axel Pawlik, Diretor Geral, Réseaux IP Européens Network Coordination Centre (RIPE NCC)
  • Tim Berners-Lee, Diretor, World Wide Web Consortium (W3C)

More Announcements
Domain Name System
Internationalized Domain Name ,IDN,"IDNs are domain names that include characters used in the local representation of languages that are not written with the twenty-six letters of the basic Latin alphabet ""a-z"". An IDN can contain Latin letters with diacritical marks, as required by many European languages, or may consist of characters from non-Latin scripts such as Arabic or Chinese. Many languages also use other types of digits than the European ""0-9"". The basic Latin alphabet together with the European-Arabic digits are, for the purpose of domain names, termed ""ASCII characters"" (ASCII = American Standard Code for Information Interchange). These are also included in the broader range of ""Unicode characters"" that provides the basis for IDNs. The ""hostname rule"" requires that all domain names of the type under consideration here are stored in the DNS using only the ASCII characters listed above, with the one further addition of the hyphen ""-"". The Unicode form of an IDN therefore requires special encoding before it is entered into the DNS. The following terminology is used when distinguishing between these forms: A domain name consists of a series of ""labels"" (separated by ""dots""). The ASCII form of an IDN label is termed an ""A-label"". All operations defined in the DNS protocol use A-labels exclusively. The Unicode form, which a user expects to be displayed, is termed a ""U-label"". The difference may be illustrated with the Hindi word for ""test"" — परीका — appearing here as a U-label would (in the Devanagari script). A special form of ""ASCII compatible encoding"" (abbreviated ACE) is applied to this to produce the corresponding A-label: xn--11b5bs1di. A domain name that only includes ASCII letters, digits, and hyphens is termed an ""LDH label"". Although the definitions of A-labels and LDH-labels overlap, a name consisting exclusively of LDH labels, such as""icann.org"" is not an IDN."