en

OEA, Interpol e ICANN se aliam novamente para treinar órgãos de aplicação da lei na América Latina

8 May 2018
By Carlos AlvarezCarlos Alvarez

A Organização dos Estados Americanos (OEA), a Interpol e a Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN) estão organizando mais um treinamento para os órgãos de aplicação da lei dos países de língua espanhola da América Latina, que será realizado de 22 a 24 de junho, logo antes do encontro ICANN62 no Panamá. Entre outros temas, o treinamento abordará as estratégias, técnicas e ferramentas usadas por pesquisadores de ameaças para identificar e investigar diferentes formas de abuso do DNS (Sistema de Nomes de Domínio).

O Instituto Nacional de Cibersegurança (INCIBE) vai compartilhar suas experiências no aumento da colaboração e da cooperação com os órgãos de aplicação da lei, com foco em ferramentas e métodos. O treinamento também contará com a participação da The Shadowserver Foundation, da Crowdstrike, Inc. e da Secure Domain Foundation, que apresentarão suas perspectivas em relação à colaboração, à identificação de ameaças e também à redução, contenção e atribuição delas. Alguns outros temas abordados serão: análise de malwares, tecnologias de blockchain sob o ponto de vista de investigação e a condução de pesquisas por meio de Tor.

Esse treinamento faz parte do trabalho colaborativo contínuo entre a OEA, a Interpol, o INCIBE e a ICANN. Durante vários anos, essas organizações conseguiram ajudar a gerar recursos de pesquisa na Espanha, na América Latina e no Caribe através do compartilhamento de conhecimentos, aumentando a confiança e a colaboração.

Authors

Carlos Alvarez

Carlos Alvarez

SSR Engagement Director (LAC)
Read biographyRead biography