en

Relatório final sobre como mitigar o risco de colisões no espaço de nomes do DNS, da JAS Global Advisors

30 November 2015

In addition to the U.N. six languages, this content is also available in

Hoja, a ICANN anunciou a publicação do "Relatório final de como mitigar o risco de colisões no espaço de nomes do DNS", preparado pela JAS Global Advisors. Veja a versão completa do relatório publicado previamente, em junho de 2014, em https://www.icann.org/en/system/files/files/name-collision-mitigation-study-06jun14-en.pdf [PDF, 392 KB].

O Relatório Fase 1 foi usado pela ICANN como base para o Marco de Gestão de Ocorrências de Colisões de Nomes, que vem sendo utilizado pelos novos gTLDS desde há mais de um ano. O relatório final da JAS está sendo publicado para fornecer um histórico completo do que mais tarde se tornou no Marco. O relatório final da JAS não contém nenhuma recomendação ou emenda novas e os operadores de registros vão continuar a ter que implementar as medidas de mitigação de colisões de nomes identificadas no Marco atual.

Na ocasião da publicação do Relatório Fase 1, a JAS revelou uma vulnerabilidade não diretamente relacionada ao Programa de Novos gTLDs da ICANN nem aos novos TLDs em geral, que tinha a possibilidade de impactar nos sistemas finais. Depois de seu processo coordenado de relatoria de divulgação de vulnerabilidades [PDF, 628 KB], a ICANN acedeu às solicitações da JAS e do provedor afetado de adiar a publicação do relatório na íntegra até que os riscos levantados pela vulnerabilidade fossem mitigados.

Desde então, o provedor afetado  tem resolvido os riscos levantados pela vulnerabilidade e, por conta disso, a ICANN está publicando agora o relatório na íntegra em https://www.icann.org/en/system/files/files/name-collision-mitigation-final-28oct15-en.pdf [PDF, 10.9 MB] e uma versão que inclui revisões do Relatório Fase 1 em https://www.icann.org/en/system/files/files/name-collision-mitigation-final-redline-28oct15-en.pdf [PDF, 970 KB] (sem levar em conta os apêndices).

Sobre a ICANN

A missão da ICANN é garantir uma Internet mundial estável, segura e unificada. Para contatar outra pessoa através da Internet você deve digitar um endereço no seu computador – um nome ou um número. Esse endereço deve ser único para que os computadores saibam onde encontrar-se entre si. A ICANN coordena esses identificadores únicos no mundo inteiro. Sem essa coordenação, não poderíamos ter uma Internet global. A ICANN, lançada em 1998, é uma corporação para o benefício público e sem fins lucrativos, com participantes de todo o mundo, dedicada a manter uma Internet segura, estável e interoperável. Promove a concorrência e elabora políticas sobre os identificadores únicos da Internet. A ICANN não controla conteúdos na Internet. Não pode deter o spam nem trata questões sobre o acesso à Internet. Porém, através de sua função de coordenação do sistema de nomeação da Internet, ela tem uma influência importante na expansão e evolução da Internet. Para mais informações, visite: www.icann.org.