ar

DEBATE: Revisão das salvaguardas do programa de novos gTLDs de combate a abusos no DNS

20 يناير 2016

بالإضافة الى لغات الأمم المتحدة الست، هذا المحتوى متوفر أيضاً باللغات

A ICANN está engajada atualmente na coleta de dados sobre abuso no DNS e nos esforços de mitigação implementados como parte do programa de novos gTLDs. Os membros da comunidade e o público geral estão convidados a unir-se à ICANN em 28 de janeiro de 2016 para um debate aberto sobre o assunto. Este trabalho vai servir de base para os trabalhos da equipe de revisão que examina os efeitos do Programa sobre concorrência, escolha do consumidor e confiança do consumidor, que, como parte de seu trabalho, vai avaliar as salvaguardas no Programa.

Os objetivos da discussão são ajudar a formular uma definição de abuso do DNS, fazer um brainstorming sobre métodos para medir o abuso e colher contribuições qualitativas e baseadas na experiência sobre se as salvaguardas para mitigar o abuso do DNS nos novos gTLDs têm sido eficazes. O debate estará estruturado em volta de 4 tópicos centrais, que os participantes poderão submeter à consideração antes de unir-se:

Tema 1: Que atividades você considera que são abusivas para o DNS? Se você puder expressar uma definição globalmente aceita do que é abuso do DNS, ela qual seria? Essa definição deverá ser suficientemente ampla para cobrir vários usos maliciosos do DNS.

Tema 2: Quais são os métodos mais eficazes para medir a prevalência de atividades abusivas no DNS?

Tema 3: Como parte do programa de novos gTLDs, a ICANN introduziu salvaguardas [PDF, 128 KB] para mitigar potenciais práticas abusivas do DNS em novos gTLDs (na lista a seguir). Como podemos medir a eficácia destas salvaguardas?

  1. Vetando operadores de registro
  2. Com o requisito de remanejamento do DNSSEC
  3. Com o requisito de manter registros de WHOIS Amplos
  4. Com a proibição do "wild carding"
  5. Com a retirada de registros glue órfãos
  6. Com a centralização do acesso de arquivos de Zonas
  7. Com requisitos para contatos por casos de abuso e para políticas anti-abuso documentadas para registros e registradores>
  8. Colocando à disposição o processo rápido de solicitação de segurança de registros
  9. Com a verificação de zonas de alta segurança

Tema 4: Qual foi sua experiência, pessoal ou em representação da organização, com essas salvaguardas? Diga-nos:

  • Quais salvaguardas foram e/ou não foram mais eficazes Como e por que você acredita que elas foram ou não foram eficazes?
  • Existem salvaguardas que deveriam ter sido incluídas, mas que, de fato, não foram?

O tempo restante vai ser dedicado para perguntas e conversas pertinentes.


Detalhes dos debates e de como participar

A ICANN vai ter dois debates para permitir a participação em todas as regiões. Use o conversor horário para determinar os horários locais.

Data: 28 de janeiro de 2016

  • Debate 1: 02:00:00 - 03:30:00 UTC
  • Debate 2: 16:00 - 17:30 UTC

Participe Online: https://icann.adobeconnect.com/gdd
Participe da teleconferência: Descarregue os números agora [PDF, 89 KB]. Senha: 144 144 2688

A língua utilizada nestes debates será o inglês. As gravações serão publicadas em: https://newgtlds.icann.org/en/reviews/dns-abuse.

Registre-se para assistir ou participar através do questionário.

Você quer que a ICANN lembre você sobre o evento? Registre-se para participar do debate e lhe enviaremos um e-mail com informações sobre a participação. Você não pode assistir, mas deseja contribuir? Dê sua autorização e lhe enviaremos um questionário para que nos conte sobre suas experiências. Visite: http://survey.clicktools.com/app/survey/go.jsp?iv=25apb9wqx72s8


Mais informações

O programa de novos gTLDs da ICANN tem permitido que muitos novos domínios de nível superior ingressem na zona raiz da Internet desde que a primeira delegação ocorreu, em outubro de 2013. Já começaram a ser feitas revisões profundas do programa, que cobrirão uma variedade de assuntos, entre eles, a concorrência, confiança e escolha do consumidor (CCT, segundo sigla em inglês), segurança e estabilidade, proteção de direitos e outras áreas. Além de ter encomendado análises a terceiros, a ICANN está coletando as experiências das partes interessadas sobre o funcionamento do programa de novos gTLDs e seus efeitos no setor de nomes de domínio. As lições aprendidas em decorrência desses esforços vão ajudar a projetar futuras rodadas do programa.

Leitura sugerida